Abadiânia é um destino cosmopolita que agrega as tradições da hospitalidade, da gastronomia e as belezas de uma rica região.

Situada entre duas capitais, Goiânia e Brasília, é o portal de entrada do turístico Lago de Corumbá.

Há mais de três décadas o turismo religioso da visibilidade a cidade que vem se adequando ao turismo ecológico, que hoje recebe enorme contingente de turistas do Brasil e dos cinco continentes, transformando Abadiânia em um promissor pólo de desenvolvimento.


Histórico

Os registros apontam que por volta de 1874, uma senhora de nome Emerenciana realizava simples “rezas” anuais na primeira moradia construída por ela, na localidade  de Posse.

Em 17 de agosto 1895, após a realização de uma romaria, estando presente no local o vigário Francisco Xavier da Silva, Pároco de Corumbá – GO, foi doado o terreno ao patrimônio de N. S. Abadia, sendo doadores: João José da Maia, Manoel Gomes Ferreira, Joaquim de Souza Cordeiro e outros.

Acredita-se que por influencia dos romeiros, devido às rezas em homenagem a N. S. Abadia realizadas por dona Emerenciana, passaram a chamar o local de Abadiâna (Abadia + Ana), melhoraram a redação para Abadiânia, isto em Dezembro de 1943. A emancipação ocorreu em 20 de outubro de 1953, graças ao projeto de lei do deputado Wilson da Paixão.

Em 15 de setembro de 1963, ocorreu a mudança da Sede do Município de Abadiânia Velha para Abadiânia Nova, às margens da rodovia que ligava Goiânia a capital do Brasil, Brasília.

A riqueza de detalhes da historia de um Município é avalizada pela vocação de um povo que sempre acreditou na independência cultura, econômica, social e administrativa.

Abadiânia, em seus 57 anos, busca todos os dias, através de seu povo, se consolidar como um Município sustentável com qualidade de vida.

Site : http://www.abadiania.go.gov.br