O município de Goiás situa-se na mesorregião do Rio Vermelho, localizando-se a aproximadamente 15º 56’ 04” de latitude Sul e 50º 58’ 25” de longitude oeste e o acesso ao município via terrestre é feito pelas  rodovias BR 070 e GO 164 estando:

– Distante de Goiânia: 136 km

– Distante de Brasília: 320 km

– Distante de Aruanã: 175 km

– Distante de Pirenópolis: 190 km

– Distante de Caldas Novas: 304 KM

O acesso ao município pode ser realizado também por via área. O município conta com um Aeródromo “Brasílio Caiado” distante 5 km do centro da cidade, com capacidade para receber aeronaves com até 66 passageiros, a pista possui 1.400 m de extensão por 23 de largura, conta ainda com pista de taxiamento e pátio para aeronaves, além de um terminal com sala vip.

LIMITES GEOGRAFICOS:

Buriti de Goiás, Faina, Guaraíta, Heitoraí, Itaberaí, Itapuranga, Matrinchã, Mossâmedes e Novo Brasil.

RELEVO:

O município apresenta um relevo bastante acidentado, onde se destaca a Serra Dourada e os morros de Dom Francisco, Cantagalo e das Lages.

A altitude media é de 512 metros circundadas no lado sul e oeste pela Serra Dourada e a topografia em sua maior parte é considerada pouco propicia às lavouras mecanizadas, visto que, 50% delas é ondulada e 10% montanhosa.

CLIMA:

O clima é o típico do Cerrado (tropical úmido) com duas estações bem definidas ( quente e chuvosa; fria e seca) com temperaturas médias entre 35ºC (máxima) e 15º C (mínima), conferindo á cidade o estigma de cidade com clima quente e calor excessivo.

VEGETAÇÃO:

A vegetação predominante é o cerrado, com as fitofisionomias de matas de interflúvio (que se constitui numa floresta fechada, com árvores altas, troncos retilíneos e casca fina – diferente da maioria da vegetação deste bioma), campo cerrado, campo limpo, campo rupestre e veredas (ver capítulo 1) sobrepostos em variados tipos de solos, prevalecendo os solos húmicos, hidromórficos  e latossolos (em seus vários tipos).

A vegetação característica do Cerrado proporciona ao município certa peculiaridade, pois nas matas, por vezes bem próxima da estrada e até mesmo da cidade, encontram-se em várias épocas do ano variadas espécies de frutas (pequi, mangaba, entre outras), além da flora e fauna que propicia aos visitantes espetáculos diários de beleza e naturalidade.

HIDROGRAFIA:

O município é cortado pelos rios: Vermelho, Peixe, Ferreiro,Uru, Uvá e Índio e pelo ribeirões: Bacalhau,Bagagem, Caiamar, Bugre e outros. O que torna o município  bem servido de recursos hídricos.